BLOG REVISTA OURO FAZ ENTREVISTA COM O ESCRITOR ALEX DE FRANÇA

No último dia 27 de março, o Blog Revista Ouro, um dos blogs mais acessados no mundo literário, trouxe uma entrevista com o escritor Alex de França Aleluia. Dê uma olhadinha.

http://revistaouro.blogspot.com.br/2012/03/alex-aleluia-o-aniversario.html

 
Postado por Valber Assis
 
“Olá amigos e irmãos literários. Gosto de chamar de irmãos porque sempre estaremos juntos e com muita alegria distribuindo cultura a todos.”
Alex Aleluia
 
Alex nasceu em Ferraz de Vasconcelos e morou em diversas cidades como Mogi das Cruzes, Poá, Suzano e Guaianazes, hoje mora no interior de São Paulo em uma pequena cidade perto de São José do Rio Preto. Colunista em portais de notícias, participa de fóruns sobre Educação, é professor e escritor.
“Adoro escrever, mas a escrita vem da alma, pois me alivia com angustias e decepções. Com ela, aprendi a valorizar as pessoas e passei a ser um grande observador, com isso trago às minhas obras mais veracidade de ações em personagens humanos. Sou super espontâneo e AMO meus alunos”, conta Alex.Quando começou a escrever? Desde pequeno. Escrevia tudo, até as brigas efetuadas em casa (risos), claro que aflorava um pouco. Era muito engraçado, mas as descrições das cenas eram tão normais como ler. Saíam naturalmente sem precisar de nenhum esforço. Não tinha muito dinheiro e então ao invés de sair com os colegas ficava em casa e escrevendo tudo que sentia. Foi então que comecei a me aprimorar na escrita e comecei a escrever histórias com narrativas longas, além de achar que era uma novela.
Como é seu processo criativo? Em primeiro lugar verifico o tema que quero desencadear com determinada obra, após bolo um organograma para relacionar as personagens e assim começo a desenvolver cenas com músicas que me neutralizam dando a paz necessária para uma boa descrição. Além de me ver nas próprias cenas. Com o livro O ANIVERSÁRIO era estranho ser uma garota, mas somos seres humanos e pensamos parecidamente.
Como foi a experiência de ter lançando seu primeiro livro? Sensacional. Era um orgulho para mim e para todos que me conheciam. Tanto é que minha noite de autógrafos teve ajuda de várias pessoas, como a Dorvani Posseti, Marcia Belmiro e Jaiminho da Rádio. Além de autoridades da cidade.
Como surgiu a idéia para escrever “O Aniversário”? Este livro foi escrito em 2005, após um que eu já havia escrito, chamado SEM DESTINO. O ANIVERSÁRIO surgiu quando estudava os mistérios do DÉJÀ VÚ e queria uma história neste tema. Então pesquisei todos os lados deste, religião, ciências e filosofia e então surgiu a ideia de pôr como personagem uma jovem que ambiciava uma festa de 15 anos, pois todas as garotas têm este sonho em chegar e tê-la. Então criei a TRILOGIA girada em acontecimentos da menina como a festa, O ANIVERSÁRIO, sua formatura, A FORMATURA e o nascimento de sua filha – O NASCIMENTO.
De início escrevi em terceira pessoa, podendo o leitor saber de tudo o que estava se passando na história, como uma novela em livro, mas depois reescrevi em primeira pessoa, escondendo de vez o que poderá vir acontecer, porque o leitor só sabe através dos olhos da menina.
Agora ficamos na dúvida, quem ainda não leu a história, será que Deus está dando uma segunda chance a menina para ficar com seus familiares? Ou será que é tudo imaginação? Mas só tiraram as dúvidas quem frequentar a FESTA que com certeza será a mais COMENTADA do ano. Então já os convido para participar de O ANIVERSÁRIO.
Quais foram as dificuldades encontradas na procura por uma editora? Muitas. Tive muita revolta em determinadas editoras, pois quando entro nas livrarias verifico a dimensão de livros importados e os nacionais muitas vezes nem chagam a adentrar esses espaços físicos. E isso é uma revolta, porque temos grandes escritores nacionais que em seus escritos possuem mais riqueza e dinamismo do que os internacionais.  Recebi muitos negativos e outros eu nem recebi resposta, então resolvi publicar em plataformas e lá ganhou um grande destaque, como exemplo disso, foi a primeira versão de O ANIVERSÁRIO ficar entre os dez mais vendidos em 60 semanas. E foi isso que me incentivou a escrever cada vez mais. Até que surgiram outros selos, mas confiei na MODO, editora, a qual  estou hoje com O ANIVERSÁRIO.
Quais são suas influências para escrever? Machado de Assis e Eça de Queiroz foram grandes influências, pois gosto de colocar personagens com características reais para mostrar determinado tema.
Fale um pouco sobre “O Aniversário” O ANIVERSÁRIO, breve publicação pela MODO.
Um ambiente propício para determinadas ações e uma loucura pré-determinada. Talita, uma menina linda, estudiosa e com grandes desafios pela frente. Terá de separar o que é real e irreal, mesmo tendo uma grande visão. Guerreira e traumática rodeiam as características psicológicas de nossa heroína. Além de não acreditar que tudo poderá estar acontecendo novamente. Será que é uma segunda chance dada por Deus para estar com seus familiares, será uma mensagem transmitida da alma ou loucura? Personagens misteriosos, cenas angustiantes e uma história arrasadora englobam no primeiro livro da série DÉJÀ VÚ.
O primeiro livro nos mostra uma previsão – algo terrível poderia acontecer no dia da festa do aniversário de 15 anos de Talita, como ela poderia evitar esta tragédia? Sente-se aliviada em saber que tudo não passou de um grande sonho, mas ao acordar, identifica que este terrível pesadelo passa a se tornar realidade. Ela corre contra o tempo para anular sua festa, porém, o seu destino encontra-se nas mãos da própria sorte. Um livro repleto de suspense e mistérios que irão tirar o fôlego do começo ao fim. Você está convidado para esta festa!
Como está sendo a experiência de lançar a segunda edição de “O Aniversário”? Fantástica. Nunca pensei que uma nova versão daria tanto sucesso. Até quem já leu o livro quer ter a nova roupagem, pois foram feitas várias adaptações e alteradas várias cenas para deixar ainda mais a história eletrizante.
Como foi a reação de sua família e amigos ao saber que você está lançando um livro? Minha família não era muito envolvida em leitura, mas quando houve o lançamento de O ANIVERSÁRIO, 1ª versão, eles se deslumbraram e a partir daí sempre me incentivam para escrever. Minha mãe, por exemplo, leu todos os livros e todas às vezes me pergunta da continuação do Gheb, em seu livro 3 e de O ANIVERSÁRIO.
Quais são suas pretensões para o futuro? Já há planos para outros livros? Continuar a escrita das suas séries e irei investir muito para transformar O ANIVERSÁRIO em um verdadeiro best-seller.
Como você vê o mercado literário no Brasil para novos autores e o trabalho dos blogueiros nessa divulgação? Crescente, pois hoje já temos editoras focadas a apenas autores nacionais como a MODO que vai lançar uma porrada de feras em um mercado produtivo e internacional. Mas estaremos juntos, mostrando o poder da literatura brasileira. Os blogueiros são fundamentais para os livros, assim como a rádio é fundamental para os cantores. E estarei sempre com estes irmãos literários.
Deixe um recado para outros jovens que estão escrevendo ou pensam em escrever um livro. A frase, não desista nunca, já está bastante em diversos setores. Então usarei o seguinte recado. Você confia em si? Então, descruze os braços, corra e grite porque um dia alguém vai ouvir. E escreva por prazer.

Considerações finais Em primeiro lugar obrigado pela entrevista e saibam que gostei muito de ter deixado um pouquinho de mim aqui. Espero que tenham gostado. Tenho certeza de que nos encontraremos em eventos literários e podemos nos conhecer mais. Quem quiser me acompanhar estou nas redes sociais como twitter: @profalexdfranca e face Alex De França Aleluia e visitem o meu blog WWW.professoralexdefranca.wordpress.com.
Abraços a todos e até mais.
 
Reações:  

Posted in     ,,,

 

Anúncios

Uma opinião sobre “BLOG REVISTA OURO FAZ ENTREVISTA COM O ESCRITOR ALEX DE FRANÇA”

  1. Alex, fiquei muito feliz quando li sua entrevista e morrendo de vontade de ler “O Aniversário”. Deve ser emocionante. Achei intrigante o modo como vc se voltou para a literatura. Veja, alguns jovens sem divertimentos acabam se metendo em encrencas, vc ficou quieto em casa, observando a sua família e escrevendo sobre ela. Assim, o tempo passava mais rápido e ainda ficava mais interessante. E outra coisa, deixava de ser parte em uma discussão e se tornava expectador! Espero que vc tenha muito sucesso na vida, seja muito feliz e nunca deixe de fazer o que mais gosta; escrever! Um abraço, Cristina Ferber
    http://poesiaparasonhar.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s